As vantagens dos servidores dedicados

 

Servidores Dedicados

Servidores Dedicados

Uma das decisões mais importantes que irá tomar como WebMaster passa pela esclha do tipo de serviço de hospedagem para o seu negócio online. Existem duas opções principais:

  • Servidor Dedicado
  • Servidor Partilhado

Neste artigo iremos falar sobre as vantagens dos servidores dedicados sobre os servidores partilhados e perceber se vale a pena pagar um preço mais elevado por este tipo de servidor. Faremos também a listagem de um número de factores importantes para que possa escolher o melhor servidor possível.

 

Analisando os diferentes tipos de servidor

  • Servidores Partilhados: é basicamente um servidor dedicado que é compartilhado entre um número de diferentes clientes. Ou seja, a conectividade do servidor de armazenamento, largura de banda, hardware e internet tudo é compartilhado com outros clientes. Isto faz com que o custo seja muito baixo mas a performance fica muito aquém das possibilidades do servidor dedicado.
  • Servidores Dedicados: Por outro lado se o seu website tiver muito tráfego e necessitar de uma maior quantidade de recursos este tipo de hospedagem de sites é a melhor alternativa para si. Com este servidor não irá partilhar recursos com mais ninguém e poderá usufruir de todos os recursos da máquina na sua plenitude. Óbviamente esta será sempre uma escolha mais dispendiosa mas para websites com grande volume de tráfego é uma mais valia. Este tipo de hosting é ideal para pequenas e grandes empresas que pretendem ter a flexíbilidade e a possíbilidade de crescer online.

 

Especificações do servidor dedicado

Existe uma lista de critérios importantes que precisa considerar ao escolher um serviço deste género. É importante ter em conta que necessita de alguém na sua empresa que tenha experiência a lidar com este tipo servidores, que possa instalar todos os programas necessários e proceder à a sua manutenção e administração.

Processador – Que tipo de processador é necessário ?

Para sites com scripts de CPU-intensive, SQL servers, servidores de transcodificação de vídeo, servidores usados para virtualização, ou servidores especializados será necessário um processador mais poderoso.

RAM – Que quantidade de RAM escolher ?

RAM (memória de acesso aleatório) é basicamente a capacidade de armazenamento de dados disponível que permite a um usuário acessar qualquer “memória” no servidor. Quanto mais  memória RAM você tiver instalado em seu servidor, mais rápido o seu servidor vai executar e o mais rápido que seu site irá carregar.

Armazenamento – Quanto espaço em disco ?

O seu servidor poderá ter vários discos rígidos a funcionar ao mesmo tempo. Se o seu website conter dados altamente confidenciais relativos aos seus clientes ou qualquer outro tipo de informação exclusiva, poderá ter um disco rígido principal e outro como backup. Se a sua preocupação passa por uma maior capacidade e armazenamento poderá optar por uma configuração de Raid 2 que consiste na utilização de dois discos rígidos, sendo um usado como unidade principal e outro como unidade secundária que será apenas usado quando o armazenamento principal ficar cheio.

Largura de banda – Quanto tráfego você precisa?

A largura de banda determina quantos dados podem ser transferidos de e para o seu site num determinado período de tempo. Para um webiste popular com um grande número de visitantes é necessária uma quantidade mais elevada de largura de banda. Além disso se desejar alojar imagens com alta resolução, streaming ou vídeo no seu site será crucial ter uma largura de banda elevada. Quanto às especificações de software para o seu servidor, a primeira coisa que você precisa considerar é o sistema operacional. Windows e Linux são os dois principais fornecedores de sistemas operacionais de servidor. Como já referenciámos é importante que utilize um servidor que não coloque em risco a sua campanha de SEO com downtimes elevados ou possível perda de dados.